12/03/2015

Resenha: Azul é a cor Mais quente.


Azul é a cor mais quente

Clementine é uma típica estudante do ensino médio. Com quase 15 anos, a garota sente as transformações que estão ocorrendo em seu corpo, como o descobrimento de paixões e amores adolescentes. Num certo dia, em meio a um círculo de amigas, um rapaz a flerta constantemente em uma mesa ao lado. Como o passar do tempo, eles vão se tornando mais próximos, e depois de realizarem várias atividades juntos, o rapaz a convida para adentrarem um pouco mais a fundo nessa relação. Clementine não aceita, não se sente nem um pouco atraída por ele. Então, passa a evitá-lo, e ele finalmente desiste de vez dela. A história muda totalmente de rumo quando Clementine se esbarra com uma garota de cabelos azuis na rua...


Meu anjo de azul Azul do céu Azul dos rios Fonte de vida
...E aquela criatura de cabelos azuis passou a existir em todos os seus sonhos. E ela habitava os sonhos mais íntimos de sua alma.
"Mas o que é que está acontecendo comigo? Parecia tão real.Como é que eu fui sonhar com isso?"
As duas se conhecem em um dia oportuno. De amigas, passam para namoradas. Elas se amam. Clementine sente suas chamas acesas quando está com Emma. Emma sente o mesmo quando está com Clementine.
“Foi naquele momento que alguma coisa começou a crescer: o meu desejo por ela. O desejo de estar nos braços dela, de acariciá-la, beijá-la, de que ela quisesse isso também, de que ela me quisesse."
Não vai ser nada fácil essa relação e ambas sabem muito bem disso. Terão de enfrentar juntas olhares alheios de não aceitação e todos os obstáculos que envolvem um casal apaixonado. É uma história delicada e sensível. A leitura é bem fácil e rápida, e começa com a Emma na casa de Clementine, absorta em lembranças de sua amada.

Trailer

                                       

                                                                                          Por: Thaynara Moussa


.