02/08/2016

Resenha: Baía da Esperança Jojo Moyes (BEDA #2)

Título: Baía da Esperança
Autor: Jojo Moyes
Editora: Bertrand Brasil
Número de Páginas: 392
Data de Publicação: 2015
Sinopse:Quando Mike Dormer parte de Londres para uma pequena cidade litorânea da Austrália, a fim de impulsionar a construção de um resort de luxo, vislumbra apenas mais um contrato milionário que lhe permita subir outro degrau da escada empresarial. O destino, porém, lhe reserva algo diferente. Baía da Esperança não é uma cidadezinha qualquer, e as tripulações de observação de baleias, lideradas pela enigmática marinheira Liza McCullen, logo vão se revoltar contra o apetite predatório do forasteiro Mike. Quando a megaconstrução começa a ganhar vida, e então se revelam os efeitos na fauna local, os mundos de Liza e Mike se chocam, com resultados dramáticos. Perigos inesperados irão confrontar os nativos, sejam eles criaturas marinhas ou seres humanos. E Mike se vê obrigado a responder à pergunta que paira sobre Baía da Esperança: até onde se pode chegar, antes de acabar por destruir o que se ama?

Baía da Esperança é uma daquelas cidadezinha onde qualquer um desejaria morar, situada na Austrália é uma grande atração para turista que amam a natureza principalmente animais marinhos como baleias e golfinhos, é um lugar calmo onde muitas pessoas vão para fugir do fluxo das cidades grandes e capitais.


A historia é intercalada sobre a visão de vista de cada personagens, a cada capitulo vemos um personagem diferente contando parte de sua historia, o que deixa o livro mais emocionante e intenso.

Liza McCullen vive em Baía da esperança junto com sua filha Hanna e sua tia Kahtleen, furtiva de um passado de dor e sobretudo perda, leva uma vida simples no hotel que Kahtleen recebeu de herança pela a morte de seu pai, sempre com poucos hospedes viveram uma vida não muito luxuosa apenas o básico para a sobrevivência.

Mike Dorman um Gestor de Negocio muito bem sucedido, afim de encontrar um lugar para criar um grande hotel resort de luxo com direitos a atividades aquáticas e tudo mais, resolve ir para Baía da esperança pesquisar sobre suas características e assim poder decidir o local mais apropriado para a construção do resort, hospedara-se no hotel de Kahtleen, convivendo e  conhecendo as historias de cada um dos tripulantes moradores de Baía, sentiu na pele o amor e os cuidados que aquelas pessoas tinham com a fauna daquela cidade, suas historias e como ganhavam a vida levando turista para ver show das baleias em alto mar.



Durante vários minutos, nada aconteceu. Eu encarava o mar, tentando localizar a baleia, ouvindo apenas o ruido da agua batendo nas laterais do barco, os passaros rodopiavam acima e de vez em quando, tranasportado por um vento suave, o som dos passageiros dos outros barcos. Então se elevou no ar um gemido baixo. prolongado. quase sobrenatural. Um ruído diferente de tudo que eu ja ouvira. disparou-me calafrios espinha a cima.

 Mike percebera o erro que cometeu, vendo de perto os estragos que ia causar com a construção do prédio, e os amigos que tão logo fizera desaparecer por se sentir traído por ele, tão logo se vê correndo atrás de uma solução para poder interditar a obra, parecia tarde demais, os primeiros avanços fora começados a cada dia que passava parecia que nunca ia conseguir poder parar.

“No começo, Mike ria delas por terem tantas fantasias, mas passou a dar de ombros e admitir que ele não sabe de nada, no fim das contas. O que qualquer um de  nós sabe, aliás? Coisas estranhas aconteceram, ainda mais no nosso cantinho do mundo” 


Esse livro é simplesmente maravilhoso não tenho palavras pra descrever o quanto ele mexeu comigo.
no inicio é difícil se envolver na historia mas depois ele te prende de um jeito que é difícil você querer larga-lo sem terminar, a historia de Liza é tão emocionante que sentimos na pele o que a personagem passou na vida, a Jojo soube trazer a dor dela para a realidade e vemos como ela teve tantos motivos possíveis para ser uma pessoa dura intocável como ela era, os segredos se tornaram um tipo de mistério no começo que faz você , parar, para pensar o que houve na vida dela pra se esconder tanto do mundo, e isso deixou o livro fascinante. confesso que a cada livro lido a minha paixão pela as historias e escrita dessa autora só aumenta, ela é uma das minhas preferidas, sempre com personagens fortes e batalhadoras, que mesmo nas dificuldades lutam para proteger os que amam.

“Observe o mar por tempo suficiente, seus humores e suas exaltações, suas belezas e seus terrores, e você terá todas as histórias de que precisa, de amor e perigo e daquilo que a vida nos traz em suas redes. E do fato de que às vezes não somos nós que estamos no no leme, e não podemos fazer mais do que confiar em que tudo vai dar certo” 
Super indico o livro é lindoooo de viveer, estou com minha coleção quase completa com os livros da Jojo e estou ansiosa para ler os outros, em breve trarei as resenhas dos outro que com certeza irei amar.






.