27/08/2016

Resenha: O Navio Das Noivas Jojo Moyes - (BEDA #27)

Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580579956
Autor(es): Jojo Moyes
Páginas: 384 páginas
Ano: 2016
Sinopse: Austrália, 1946. É terminada a Segunda Guerra Mundial, chega o momento de retomar a vida e apostar novamente no amor. Mais de seiscentas mulheres embarcam em um navio com destino a Inglaterra para encontrar os soldados ingleses com quem se casaram durante o conflito. 
Em Sydney, Austrália, quatro mulheres com personalidades fortes embarcam em uma extraordinária viagem a bordo do HMS Victoria, um porta-aviões que as levará, junto de outras noivas, armas, aeronaves e mil oficiais da Marinha, até a distante Inglaterra. As regras no navio são rígidas, mas o destino que reuniu todos ali, homens e mulheres atravessando mares, será implacável ao entrelaçar e modificar para sempre suas vidas. 
Enquanto desbravam oceanos, os antigos amores e as promessas do passado parecem memórias distantes. Ao longo da viagem de seis semanas — apesar de permeada por medos, incertezas e esperanças — amizades são formadas, mistérios são revelados, destinos são selados e o felizes para sempre de outrora não é mais a garantia do futuro que foi planejado.
Com personagens únicas e uma narrativa tocante, Jojo Moyes conta uma história inesquecível que captura perfeitamente o espírito romântico e de aventura desse período da História, destacando a bravura de inúmeras mulheres que arriscaram tudo em busca de um sonho.



O que levam as pessoas saírem do conforto do seu lar rumo ao desconhecido?? ir ao encontro de um futuro distante, separar-se de suas família e amigos para encontrar aquele a quem ama, cujo conviveu por tão pouco tempo? Foi Assim que mais de 600 mulheres foram em busca de sua felicidade incerta, apostaram no duvidoso tudo em prol do amor, colocaram na bagagem seus medos e incertezas, conflitos interior e solidão e foram em busca da sua futura felicidade. Aqui vamos conhecer um pouco dessas mulheres. guerreiras a qual navegaram por 16 semanas em um porta aviões o Victoria HMS rumo a Inglaterra.

Gente o que falar de uma historia tão fofa?? quanto mais leio algo da Jojo mais vontade eu tenho de apertá-la, Esse livro é simplesmente apaixonante, viciante e inigualavelmente 
MA-RA-VI-LHO-SO. 

O Livro é narrado em 3º pessoa, Em prologo vemos uma bela senhora viajando pelas costas da Índia juntamente com sua neta e "Um Amigo", ao se deparar com um navio velho rebocado a beira do cais ela se lembra de seu passado e começa a historia.

Maggie Vivia na fazendo com seu pai e seus irmão juntamente com sua Tia Lety em uma fazenda, Gravida,  depois da "morte" de sua mão ficara sobre o cuidado dela os afazeres de sua casa. Casada com Joe, recebera uma carta a qual foi selecionada para reencontrar o marido, Joe estava a muito tempo a serviço no combate a guerra e agora a guerra tinha acabado era hora do reencontro.
Frances é uma enfermeira que trabalhava no Ariadne, com a ajuda da enfermeira chefe Audrey Marshall ganha um novo começo, seu passado é devastador. Tímida, calada, e completamente misteriosa.
Jean é a mais nova, 16 anos, casada , super agitada e meio que atirada para aquela época, seus modos são bem levianos, sincera é seu modo de ser não agrada a todos.
Avice é praticamente uma patricinha, Rica cheia de frescuras rsrs, casada com Ian Stewart, odeia o jeito de Jean, Ian praticamente foi obrigado a casar com ela, pois não sabia sobre seus planos de casamento pata o próximo dia foi pegado de surpresa e não teve para onde correr;

Maggie, Frances, Jean e Avice ao embarcar ficaram na mesma cabine no Victoria, um quarto pequeno com quatro mulheres com personalidades totalmente diferentes, viajariam por 16 semanas, com mais 650 mulheres e 1000 fuzileiros, dentre eles o Comandante, o fuzileiro naval Nicol, e o fornalheiro Dennis Tims, foram atribuídas regras a qual deveriam cumprir de forma rígida, durante a navegação teriam vários entretenimentos para que as passageiras não ficassem no tédio o que não deu muito resultado,se durante a viagem mal comportamentos fosse descoberto no navio, o passageiro seria mandando de volta a sua casa rompendo assim com seu destino.

Esse livro é todo de pura emoção, os personagens são fortes cativantes, suas historias são sentidos como se fossem reais, amei tanto a Maggie que quando o livro acabou cheguei a sentir saudades dela, entre as 3 meninas ela é a que mais me tocou por sua simpatia e companheirismo, Frances também é uma mulher forte, que luta contra o seu passado uma amiga fiel mesmo tão distante e misteriosa, ela tenta no máximo se distanciar das meninas mas a Maggie é tipo aquelas pessoas que gostam de ver as amigas reunidas, e sempre que podia estava incluindo Frances em suas atividades, a Jean ela é uma menina ingenua, acho que por sua idade ainda adolescente afetou um pouco a vida dela no navio, mas ela também não deixa de ser uma menina meiga e a forma que foi criada sem muito recursos financeiros acabou por não ter uma educação privilegiada sendo assim considerada inferior as outras, Avice por si era uma menina mesquinha, só pensava em si e em seu ego vivia no mundo do dinheiro e reconhecimento, porém ao se deparar com suas fragilidades no livro começamos a ter compaixão dela, ela amadureceu muito, talvez fora os acontecimentos que fizera enxergar direito a vida e tentar ser uma pessoa melhor.

Não posso nem dizer que super indico o livro né, simplesmente lindo, a Jojo melhorou bastante a escrita no começo dos livros, Nos seus primeiro livros o começo era arrastado e muito monótomo, aqui em O navio das noivas vemos como ela evoluiu na escrita  e como o desenrolar foi bem rápido e mais fluido, espero ler logo A ultima Carta de Amor e em Busca de um Abrigo e A garota que você deixou para trás, e por fim A casa das marés que é o único que não tenho. e depois de lido trago resenha pra vocês.



.