03/10/2016

Resenha: O segredo de Indie

Olá pessoal! Hoje venho por meio deste post divulgar um livro que recebi este mês da nossa incrível parceria com a Butterfly Editora. Solicitei este livro devido a minha curiosidade sobre como seria...

Resultado de imagem para o segredo de indie

  Convenhamos: Todos nós temos segredos (eu acho né!), e que algumas pessoas vivem tentando descobrir qual e este, para satisfazerem seu ego e falarem: "Nossa era isso que você escondeu de mim esse tempo todo!". Outros chegam a usar disso para zoarem você de inúmeras formas, um exemplo notável é o bullying (pessoas sacanas fazem isso, então não seja uma delas, seja um exemplo para nossa sociedade!). E, por fim, temos as que nós dão apoio  e guardam nossos segredos como se fossem delas. Essas pessoas chamamos de amigos! (Este é o exemplo ideal para você transmitir!)

O Segredo de Indie

ACERCA DO LIVRO:
Ano: 2015.
Páginas: 296.
Editora: Butterfly.
Autoras: Tara Taylor, Lorna Shultz Nicholson.



SINOPSE OFICIAL:
"O que você faria para se encaixar em padrões estabelecidos?
Mais do que qualquer outra coisa, Indigo Russell anseia para se encaixar. E se ela não pode fazer isso, então ela vai se contentar em esconder-se no fundo, o que ela conseguiu fazer muito bem ao longo dos últimos anos. Para a maioria de seu colégio, o Ridgemont High, ela é apenas mais uma adolescente andando pelos corredores, rabiscando em seu caderno durante a aula, sem nunca levantar a mão. Um aluno médio. Isso é o que ela gostaria que você pensasse.
Mas Indie não é média; ela é diferente..."


RESENHA PELO BLOG: 
Indie é uma adolescente prestes a acabar o ensino médio e cheia de inseguranças, devido a seu dom de prever certos acontecimentos futuros e por não saber interpretá-los inicialmente, pois estes aparecem para ela como quebra cabeças e a ela basta juntar as partes para terem significados.

"Eu seria sempre uma estranha nesse mundo porque tinha visões; visões que se tornavam realidade."

 
 Ela é uma garota que tem visões desde pequena, porém não conta isso a ninguém, exceto sua família e sua melhor amiga, Lacey. 

Entramos no mundo de Indie por sua própria perspectiva, já que o livro é narrado em primeira pessoa), e descobrimos seus medos, suas loucuras, seu olhar sobre tudo e o principal: seu desejo de ser uma garota normal.

Tudo começa quando Indie tem uma péssima visão, onde o namorado de Lacey, sua melhor amiga, a traíra numa festa. Ela tenta evitar que isto ocorra indo nessa festa, mas acaba ficando muito bêbada (a realidade pura: festa + adolescente + bebida = bêbados fazendo loucuras... kkkkkkk).

O boato sobre a traição corre, mas Lacey não acredita e acaba brigando com Indie (nessa parte tive vontade de dar um soco na Lacey! Ô menina sonsa gente!)

É claro tem que ter um romance para dar aquele ânimo no livro, né?!  E o responsável por isto é John, "um garoto esquisito que não usa roupa de marca e vai pra escola de chinelo". Eles ficam "amiguinhos" e ele sempre fala com Indie sobre visões e coisas do tipo, apesar de não saber o dom dela. Aí você já pensa: Tem mistério aí!!!
E tem mesmo, mas vou dar spoiler se contar mais! Então essa fica no ar... rs

“ – Não é sem graça, Lacey – respondi, abraçando os joelhos. – Muito pelo contrário. O nome pode ser comum, mas ele é bem misterioso. Não se mistura mesmo com o povo, mas há alguma coisa nele que não sei explicar; algo profundo, secreto... quero descobrir tudo – sussurrei.”

O Segredo de Indie é um livro interessante por ser um drama adolescente misturado com mistérios e paranormalidade.
Como você deve ter percebido, o livro tem 2 autoras e no  final do livro há um "diálogo" entre elas, onde a Lorna faz perguntas para Tara sobre a história, tirando possíveis dúvidas do leitor! Eu achei isto super interessante, e acho que outros livros deveriam adotar certos diálogos no final, pois sempre ficamos com alguma pulga na orelha!

E por fim a história acaba,  e acabo me surpreendendo, com seu final, que não posso contar aqui... kkkkk

"Cada passo, cada respiração do meu corpo, era para me manter viva e seguindo em frente. Se eu estava no mundo, era por algum motivo. E eu tinha a capacidade de fazer e construir algo, mesmo que ainda não soubesse o que poderia ser."

AVALIAÇÃO GERAL: 5 estrelas. 
Resultado de imagem para 5 estrelas







.