03/01/2017

Resenha: Morte no Nilo, de Agatha Christie.


Em Morte no Nilo, Linnet Ridgeway, uma bela e jovem milionária, apaixona-se por Simon Doyle, o belo noivo de sua melhor amiga Jacqueline de Bellefort! Jacqueline tem sangue latino, o que a autora deixa bem explícito, e em parte de sua criação, ela deixa as emoções fluírem. Na Lua de Mel da neé sr. e sra. Doyle, Jacqueline os persegue e culpa Linnet de separá-la de Simon. Alguns dias depois que chegam no Nilo, ocorre uma nova discussão entre Simon e srta. de Bellefort. Instantes após o fato, acham o corpo de Linnet sem vida, baleado na cabeça, e (coincidência ou não), Poirot está no navio e investiga os fatos, que sempre apontam para Jacqueline!


--> Agatha Christie sempre nos surpreendendo! Genial ela! Que final espetacular, nunca poderia imaginar que fosse ser assim! Tentei ler duas vezes antes de realmente ingressar na história, e antes me perdia com os muitos personagens em que o livro começa! E mesmo em meio "ao assassinato", surgem alguns romances! Com certeza comecei o ano bem com esse livro! E ainda me deparo com a dúvida: Qual livro da autora é o melhor?! 

AVISO: Terá discussão do livro no projeto elaborado aqui pelo Blog, Projeto de Olhos Voltados para a Literatura, na última segunda-feira de Janeiro/2017.

"Eu gosto de viver. Já me senti ferozmente, desesperadamente, agudamente feliz, dilacerada pelo sofrimento, mas através de tudo ainda sei, com absoluta certeza, que estar viva é sensacional." - Agatha Christie

Sobre o livro:
Título Original: Death on the Nile.
Autora: Agatha Christie.
Minha Edição: Nova Fronteira
 Minha Meta para 2017: 50 livros.


Um pouquinho mais de Agatha Christie...

Meta de Leitura para a Maratona Literária de Ano Novo...


 Espero que gostem 😉


.